Alaíde Costa

Alaíde Costa

Após vencer os mais prestigiados programas de calouros da história do rádio brasileiro como os de Paulo Gracindo, Renato Murce e Ary Barroso, a cantora Alaíde Costa profissionalizou-se como crooner do Dancing Avenida, no Rio de Janeiro em 1956, mesmo ano em que estreou como compositora, gravando em seu primeiro 78 rpm a canção tens que pagar, parceria com Airton Amorim. O sucesso veio no ano seguinte com a gravação do segundo disco que lhe deu o prêmio de Melhor Intérprete da Música Popular Brasileira naquele ano e lhe abriu as portas das emissoras de rádio e das principais gravadoras do país.

Em 2005, lançou, em grande estilo no Theatro São Pedro (SP), o CD Tudo Que o Tempo me Deixou, produzido por Antônio Carlos Vidigal. Em 2007, o mercado brasileiro recebeu o Volume 2 da parceria da cantora com o pianista João Carlos Assis Brasil. Em 2009, Alaíde lançou um novo CD no qual o homenageado é o amigo e parceiro Milton Nascimento. Depois veio a homenagem ao também eterno amigo, Johnny Alf. Em seguida, chegou a hora de mostras ao público o seu talento de compositora no projeto CANÇÕES DE ALAÍDE, primeiro registro inteiramente autoral em que a compositora apresenta as suas parcerias com importantes figuras do mundo musical brasileiro, como Antônio Carlos Jobim, Vinícius de Moraes, Johnny Alf, Hermínio Bello de Carvalho, Geraldo Vandré, entre outros. Vale lembrar que em todas as parcerias registradas nesse recente álbum, Alaíde é autora das melodias, todas elas compostas no piano que recebeu de presente do amigo Vinícius de Moraes

Com mais de oitenta anos de vida, sessenta dos quais dedicados à música brasileira, Alaíde Costa continua encantando todas as plateias para as quais continua a apresentar a sua arte, com voz delicada, afinação impecável e refinado gosto musical. Seu show passeia por todos os momentos importantes de sua carreira.

 

compartilhe: